Israel demole ala oeste de prédio da AP

Tropas israelenses demoliram nesta manhã de sábado, em Ramallah, na Cisjordânia, a ala oeste do prédio em que Yasser Arafat, presidente da Autoridade Palestina, está sitiado, segundo Nabil Abu Rudeinah, um assessor do líder palestino. "Estamos em uma situação precária, esta nova demolição aumenta o perigo de desabar todo o edifício", disse Abu Rudeinah.Arafat é submetido ao mais fechado cerco israelense desde que voltou do exílio. Ontem, o Exército de Israel demoliu três edifícios da Muqata, a sede da Autoridade Palestina (AP) em Ramallah, após cavar trincheiras e cercar o local com arame farpado. Uma passagem ligando duas alas do complexo foi derrubada, deixando Arafat isolado em um dos dois prédios que ficaram de pé, com alguns assessores, seguranças e poucos membros de sua guarda pessoal, a Força 17. No fim da noite, o prédio de Arafat também foi pesadamente atacado, pela primeira vez: tanques dispararam três projéteis contra o edifício, destruindo a escadaria entre o térreo e o andar superior. Arafat saiu ileso após a demolição de uma parede, causada por um tiro de canhão disparado. Pela manhã, soldados completaram a demolição de parte do complexo de Mugata que ainda restavam de pé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.