Israel demole mais duas casas em Gaza; 42 desabrigados

Tropas israelenses demoliram hoje duas residências palestinas, deixando 42 pessoas desabrigadas, disseram testemunhas. Um das casas, na Cidade de Gaza, pertencia a um militante islâmico que foi morto numa ação israelense oito meses atrás. A segunda, no campo de refugiados de Rafah, foi demolida sem querer quando tropas apoiadas por tratores vasculhavam uma área em busca de túneis usados para se contrabandear armas do Egito para Gaza, informou o Exército israelense.Trinta e duas pessoas viviam na casa de dois andares na Cidade de Gaza que pertenceu a Osama Hales, um membro da ala militar dogrupo militante islâmico Hamas. O Exército israelense alegou queHales matou a tiros uma israelense num ataque em novembro.A ação teve início antes do amanhecer. Tanques e motoniveladoras entraram no bairro de Shijaiya, na Cidade de Gaza. Os moradores receberam ordens de sair da residência, sem poder levar qualquer pertence. Com explosivos, soldados transformaram o local numa pilha de escombros.Depois que o Exército de Israel se retirou, a família retornou ao local em busca de material escolar e fotos. A casa de um andar demolida em Rafah abrigava 10 pessoas, segundo palestinos.Em julho, o Exército do Estado judeu retomou a prática dedemolir casas de supostos militantes, e desde então mais de 26residências foram transformadas em escombros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.