Israel destrói emissoras de rádio e TV palestinas

Forças israelenses usaram explosivos para destruir, no início deste sábado, o prédio da emissora de rádio e TV palestina. De acordo com oficiais palestinos, que pediram para não serem identificados, 12 tanques cercaram o edifício de quatro andares e soldados israelenses entraram no local antes do amanhecer de hoje (horário local). O prédio foi esvaziado antes que os soldados chegassem e não houve confrontos, disseram as fontes. Horas depois, os israelenses começaram a detonar uma série de explosivos e nivelaram o prédio da rádio e TV palestina. O Exército de Israel se recusou a comentar a invasão. Israel tem acusado freqüentemente a Autoridade Palestina de usar suas emissoras de rádio e TV para transmitir reportagens e comentários, que, de acordo com os israelenses, servem para alimentar o conflito no Oriente Médio. As emissoras, por sua vez, alegam que o material reflete apenas o clima geral dos palestinos, que se sentem sitiados pelo Exército israelense. Forças israelenses já haviam bombardeado emissoras de rádio e TV palestinas na Faixa de Gaza e na Cisjordânia em outras ocasiões, tirando as transmissões do ar temporariamente. Mas a operação deste sábado foi muito maior, com o objetivo de destruir totalmente as emissoras controladas pela Autoridade Palestina. Os palestinos agora contam com um pequeno número de canais de TV e estações de rádio.

Agencia Estado,

19 Janeiro 2002 | 03h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.