Israel deve se manter afastado de ação contra Bagdá

Os Estados Unidos querem que Israel mantenha distância de qualquer operação contra o Iraque, disse hoje o chefe do Exército israelense, general Moshe Yaalon. "A América ficaria muito feliz se nós não nos envolvêssemos neste ataque, pelo menos numa primeira fase", afirmou ele. Israel tem afirmado que retaliará em caso de ataque iraquiano contra seu território. Em 1991, o Estado judeu não respondeu aos ataques de 39 mísseis Scud lançados pelo Iraque para ajudar os Estados Unidos a manterem uma coalizão árabe contra Bagdá durante a Guerra do Golfo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.