Israel deve tratar presidente iraniano como se fosse Hitler

O vice-primeiro-ministro israelense, Shimon Peres, afirmou neste sábado que Israel deve considerar o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, como se fosse Adolf Hitler.O político israelense assinalou que se deve criar uma coalizão internacional contra o Irã, integrada também por países árabes.Peres reafirmou que Israel deve redobrar seus esforços para se aproximar do mundo árabe para isolar o regime iraniano, informou a rádio pública israelense.Em um ato pelo Dia Mundial de Solidariedade com o Povo Palestino celebrado na sexta-feira em Teerã, Ahmadinejad assegurou que "a entidade sionista (Israel) foi criada para engolir a região" e acusou o Ocidente de "danificar todas as coisas santas enquanto impede a abordagem do holocausto judeu".O presidente iraniano insistiu em que "esta entidade sionista foi plantada no oeste da região para atacar e assassinar inocentes e colocá-la em um estado de ameaça contínua para permitir às grandes potências seu controle".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.