Israel divulga nome de soldado desaparecido e fala em outros 2 mortos

Segundo o Exército, Hadar Doldin participava de uma missão em um túnel ao sul da Faixa de Gaza e teria sido sequestrado

O Estado de S. Paulo

01 de agosto de 2014 | 10h19

JERUSALÉM - O Exército israelense afirmou nesta sexta-feira, 1, ser provável que na mesma missão em que o subtenente Hadar Doldin desapareceu dois soldados morreram. Israel acredita que Doldin, de 23 anos, tenha sido sequestrado.

Segundo o porta-voz do Exército coronel Peter Lerner, os soldados rastreavam a entrada de um túnel ao sul da Faixa de Gaza. "Nesse momento militantes do Hamas saíram do túnel e atacaram de surpresa nossos soldados", disse Lerner.

O porta-voz acrescentou que, segundo informações, pelo menos um dos militantes palestinos usava um colete explosivo.

Desde o início da ofensiva israelense em Gaza, esse é, se for confirmado, o segundo caso de um militar de Israel sequestrado em combate.

O primeiro ocorreu no dia 20 de julho, quando Oron Shaul desapareceu. Na ocasião, o braço armado do Hamas reivindicou a captura do soldado. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.