Ahmad Gharabli/AFP
Ahmad Gharabli/AFP

Israel diz que é cedo para avaliar nova postura dos EUA sobre assentamentos

Embaixador do Estado judeu na ONU afirma que assunto será discutido mais profundamente em agenda bilateral

O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2017 | 04h43

JERUSALÉM - O embaixador de Israel nas Nações Unidas, Danny Danon, afirmou nesta sexta-feira, 3, que é muito cedo para dizer como o último comunicado da Casa Branca sobre novos assentamentos na Cisjordânia vai afetar essas obras.

Esta é a primeira real oficial de Israel sobre a mudança de postura da administração de Donald Trump sobre os assentamentos na Cisjordânia. Na noite desta quinta-feira, 3, em uma reação surpreendente, o presidente norte-americano mudou de posição e disse que a ampliação das colônias judaicas "não contribui" para o processo de paz na região.

"É muito cedo para dizer. Eu não categorizaria isso como uma mudança de posição da administração dos Estados Unidos. O assunto será discutido com mais detalhes quando o primeiro ministro (Benjamin Netanyahu) encontrar o presidente em Washington", afirmou Danon à Israel Radio. "Nem sempre nós concordamos em tudo." / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.