Israel diz que Hezbollah transferiu US$ 20 milhões a palestinos

A organização libanesa Hezbollah entregou durante os últimos meses US$ 20 milhões a facções palestinas naCisjordânia, denunciou nesta terça-feira o chefe dos serviços secretos israelenses Shabak, Yuval Diskin.Diskin se referiu a essa transferência de dinheiro em declarações ao comitê parlamentar israelense para assuntos Exteriores e de Segurança, que foram divulgadas pela rádio pública israelense.Segundo o chefe dos serviços secretos israelenses, entre as organizações receptoras desses fundos estão o Hamas e a Jihad Islâmica. Diskin disse que o Hezbollah pressiona estas facções para que realizem ataques contra Israel.Referendo palestinoPor outro lado, afirmou que Israel não pode ignorar o plano dos prisioneiros para a criação da Palestina, que o presidente palestino Mahmoud Abbas tenta impor ao Hamas.Abbas ameaça convocar um plebiscito se o movimento islâmico não aceitar a iniciativa de um grupo de presos palestinos, que prevê a criação de um Estado palestino na Cisjordânia e Gaza e supõe o reconhecimento implícito de Israel, um dos principais pontos aos quais o Hamas se opõe.Para Diskin, o Hamas não pode passar por cima do plano, devido ao fato de ter sido promovido por prisioneiros palestinos dentro de prisões israelenses, que constituem a ponta de lança do movimento de resistência palestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.