Israel diz ter encontrado carta pedindo verba para bombas

O exército de Israel garantiu nesta terça-feira ter encontrado uma carta no QG de Yasser Arafat solicitando o dinheiro necessário para a fabricação de cerca de 10 bombas por semanas.A carta, segundo os israelenses, foi enviada a Fuad Shobaki, chefe do escritório financeiro de Arafat, pelo grupo militante Brigada dos Mártires de Al Aqsa, uma milícia ligada ao movimento Fatah, do líder palestino.Segundo a chefe do serviço de inteligência israelense, coronel Miri Eisin, a carta estava entre documentos apreendidos depois que tanques e tropas de Israel invadiram o QG de Arafat na cidade de Ramallah, na Cisjordânia.Perguntado sobre tais documentos, o oficial palestino Saeb Erekat disse que nunca os viu, mas afirmou que em "resposta a um pedido do primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, os israelenses estão muito ocupados fabricando coisas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.