Israel é condenado por conselho da ONU

O Conselho de Direitos Humanos da ONU condenou ontem a ofensiva israelense e solicitou o envio de observadores à região. A ação de Israel "resultou em violações maciças contra o povo palestino", segundo o documento. Articulada por países árabes, a proposta foi aprovada por 33 dos 47 participantes do conselho. Membros europeus se abstiveram e o Canadá foi o único país a votar contra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.