Israel e Egito desbaratam quadrilha de tráfico de armas

As polícias egípcia e israelense desbarataram uma grande quadrilha de beduínos que transportava armas pelo deserto para militantes palestinos. A operação, que durou dois meses, culminou com a prisão do líder do bando, o egípcio Mahmoud Sarawka, enquanto ele desenterrava um carregamento de armas oculto sob as areias do deserto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.