Israel e Hamas começam cessar-fogo humanitário

O governo de Israel e o grupo palestino Hamas deram início ao cessar-fogo humanitário de cinco horas. Os dois lados concordaram em dar uma pausa no confronto, após um pedido da Organização das Nações Unidas (ONU) para retirar refugiados da região de Gaza.

Agência Estado

17 de julho de 2014 | 04h49

Os ataques continuaram até às 4h (de Brasília) desta quinta-feira. A polícia da cidade de Rafah disse que um tanque atirou contra um casa, matando pelo menos três pessoas. Já o Exército de Israel afirmou que pelo menos 15 foguetes foram disparados contra Israel nesta manhã. Um ataque de 13 militantes palestinos foi bloqueado logo cedo a partir de um túnel construído na Faixa de Gaza.

No décimo dia de confronto, mais de 220 palestinos e um israelense morreram, segundo as autoridades. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.