Israel e palestinos se atacam na Faixa de Gaza

A Força Aérea de Israel atacou nesta madrugada sete supostos alvos insurgentes na Faixa de Gaza. Os combatentes palestinos responderam com o disparo de um foguete, que caiu perto de um jardim de infância no sul de Israel. Três palestinos ficaram feridos na incursão aérea israelense, afirmou Adham Abu Salmia, funcionário do setor de saúde de Gaza. Em declarações à Rádio Israel, uma adolescente de 16 anos disse ter sofrido ferimentos leves por causa de estilhaços de vidro causados pelo impacto do foguete.

AE, Agência Estado

21 de dezembro de 2010 | 14h53

Os ataques mostram o aumento da tensão na fronteira entre Gaza e Israel, onde cinco rebeldes morreram no sábado durante um ataque israelense, o mais letal lançado em meses na Faixa de Gaza. Falando hoje na Comissão das Relações Exteriores e de Defesa do Parlamento, o chefe do Exército de Israel, general Gabi Ashkenazi, descreveu o quadro como potencialmente "frágil e volátil". "Não temos garantias de que não haverá uma posterior piora na situação." Israel mantém operações em Gaza na maior parte da área fronteiriça, completou. A insurgência ataca rotineiramente os soldados israelenses nessa zona, dispara foguetes e morteiros ou tenta se infiltrar em Israel.

Ashkenazi informou que a incursão aérea teve como alvo combatentes de Gaza e foi a primeira do tipo desde a ofensiva militar lançada há dois anos pelos israelenses em Gaza. Os ataques insurgentes da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, diminuíram bastante desde a ofensiva israelense. Foram mortos nesse conflito 1.400 palestinos, incluindo centenas de civis, e 13 israelenses.

As Forças Armadas de Israel afirmaram que um dos alvos do ataque aéreo foi um local onde se fabricavam armas e se construíam túneis. Segundo um comunicado, alguns dos túneis foram feitos para que os insurgentes possam entrar em Israel para cometer atentados. Os palestinos disseram que um dos alvos atacados foi uma fábrica governamental para beneficiamento de leite. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelpalestinosFaixa de Gazaataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.