Israel é uma abominação que sumirá, diz ministro palestino

O ministro do Exterior palestino, Mahmoud Zahar, disse na sexta-feira que Israel é uma abominação no Oriente Médio que irá desaparecer algum dia, informou o site israelense Haaretz."Nunca reconheceremos Israel, e o fim dos sionistas será como o dos cruzados, dos persas e dos ingleses, que saíram (da Palestina). Queremos toda Palestina, todo centímetro, do rio ao mar, de Rosh Hanikra a Rafah", disse o ministro, que é partidário do Hamas.Em seu pronunciamento, Zahar prometeu aos palestinos mantidos presos em Israel que o Hamas fará tudo o que estiver ao seu alcance para libertá-los, incluindo o seqüestro de mais soldados israelenses.Na quinta-feira, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse que Israel é "ilegítimo" e que não deverá sobreviver. "Nossa nação anunciou anteriormente que este regime (israelense) é ilegítimo desde sua fundação. Ele é fabricado. Ele foi imposto às nações da região e não deverá sobreviver", disse na ocasião. Para ele, "a existência deste regime é a raiz de vários problemas atuais da humanidade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.