Israel encontra explosivos na fronteira libanesa

Guerrilheiros ligados ao grupo xiita Hezbollah plantaram uma série de explosivos do lado israelense da froteira com o Líbano, com o intuito de atingir soldados e civis, disseram fontes militares israelenses nesta quinta-feira. As forças da Organização das Nações Unidas (ONU) que patrulham a região confirmaram a presença dos artefatos.Os explosivos foram encontrados nesta quarta-feira, nas proximidades do povoado de Maayan-Baruch, horas depois que o primeiro-ministro Ariel Sharon anunciou que pediria a seu gabinete a aprovação de um intercâmbio de prisioneiros com o Hezbollah. O acordo prevê a libertação de mais de 400 prisioneiros palestinos e libaneses em troca de um empresário israelense seqüestrado e dos corpos de três soldados mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.