Israel envia aviões à fronteira marítima libanesa

Aviões não tripulados da Força Aérea de Israel estão patrulhando os céus sobre um trecho da fronteira marítima do país com o Líbano, no Leste do Mediterrâneo, onde existe um campo de gás natural no fundo do mar cuja posse é reivindicada pelos dois países. A informação partiu de um militar da defesa de Israel. O oficial não revelou quantos aviões teleguiados, também chamados de drone, realizam as missões de patrulha.

AE, Agência Estado

09 de agosto de 2011 | 16h46

As declarações foram feitas logo após novas ameaças do grupo xiita libanês Hezbollah, que ameaçou usar a força se Israel tentar extrair reservas naturais libanesas.

Durante os últimos dois anos, Israel descobriu dois campos de gás natural, os quais possuiriam reservas suficientes para abastecer o país durante décadas. O Líbano afirma que os campos ficam em suas águas territoriais.

"Nós alertamos Israel e não tocar essa área do mar ou tentar roubar as reservas libanesas", afirmou o secretário-geral do Hezbollah, Hassan Nasrallah.

Israel afirma que usará a força se os campos de gás que afirma serem seus forem atacados. Líbano e Israel não possuem relações diplomáticas e a fronteira marítima entre os dois países não foi demarcada.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelLíbanofronteiratensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.