Israel está retirando tropas da Cisjordânia, diz Fleischer

O porta-voz do presidente norte-americano George W. Bush, Ari Fleischer, disse que Israel está retirando suas tropas da Cisjordânia, embora o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, tenha dito ontem que não sairia dos territórios ocupados até que as milícias palestinas se rendessem. "A retirada que ele (presidente Bush) pediu continua," disse Fleischer. O porta-voz defendeu sua declaração dizendo que as forças armadas de Israel se retiraram de algumas cidades e vilarejos pela manhã. No entanto, as tropas israelenses ocuparam outras áreas controladas pelos palestinos. Apesar da ofensiva militar de Israel na Cisjordânia, Fleischer disse que o presidente Bush acredita que Sharon seja um "homem de paz" que ainda está comprometido a negociar o fim do conflito com os palestinos. O porta-voz ainda disse que o líder palestino Yasser Arafat e os países árabes ainda não fizeram o que Bush pediu a eles. "É essencial que Arafat faça declarações públicas denunciando os atentados e outras formas de terrorismo e que renuncie à violência como instrumento político e reafirme seu compromisso com as negociações como único caminho para a solução do conflito," disse Fleischer. "O presidente espera ouvir isso de Arafat," completou. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.