Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Israel exige retirada de relatório da ONU sobre palestinos

O governo de Israel exigiu que a Organização das Nações Unidas retire um relatório sobre a situação da distribuição de comida nos territórios palestinos, e acusou o autor de ser "politicamente tendencioso". Yaakov Levy, embaixador de Israel na representação da ONU em Genebra, escreveu à presidência da Comissão de Direitos Humanos da entidade exigindo que o relatório do especialista Jean Ziegler seja considerado "impróprio para apresentação" durante a próxima reunião do grupo.O pedido foi feito depois de uma entrevista concedida por Ziegler à televisão francesa na qual ele diz ser membro da diretoria do Centro de Informação Alternativa. O grupo, com sede em Tel-Aviv, autodenomina-se uma "organização palestino-israelense que dissemina informação, pesquisas e análises políticas"."Ziegler mostrou sua verdadeira face. Ele admite abertamente, pela primeira vez, ser associado a uma organização não-governamental politicamente tendenciosa", alega Levy em sua carta.Ziegler, um professor de sociologia e ex-parlamentar suíço, é o especialista independente da ONU em direito à alimentação. Ele visitou Israel e os territórios palestinos em julho. Depois de sua visita, ele declarou a jornalistas que os palestinos foram "reduzidos à mendicância" em virtude das rígidas medidas de segurança adotadas por Israel.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2003 | 15h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.