Israel: explosão em estação de ônibus mata 3

Três pessoas morreram e pelo menos 45 ficaram feridas, quatro em estado grave, em conseqüência de um atentado à bomba ocorrido hoje em frente a uma estação de ônibus, próxima do mercado de Netanya, ao norte de Tel Aviv, segundos informações da rádio estatal israelense. O ataque, segundo a polícia, teria sido patrocinado por um terrorista suicida, que levava a bomba amarrada ao corpo. Ontem, o grupo militante islâmico Hamas anunciou que se está preparado para lançar uma campanha de atentados suicidas contra Israel. Segundo os líderes do grupo, os ataques foram decididos pelo fato de o primeiro-ministro eleito de Israel, Ariel Sharon, tomar posse ainda este mês. O ataque da manhã de hoje lançou ainda um carro pelos ares, provocou danos nas fachadas das lojas próximas e derrubou barradas do mercado central, localizado em uma área próxima do local do atentado. Segundo testemunhas, o terrorista tentou entrar em um ônibus e, ao ser impedido, detonou a bomba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.