Israel fecha embaixadas nas Filipinas e África do Sul

Israel fechou temporariamente suas embaixadas nas Filipinas e na África do Sul e pode suspender as operações de missões diplomáticas nas regiões, por causa do atentado duplo ocorrido ontem no Quênia, informou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Ron Prosor. A segurança das missões israelenses no mundo também foi reforçada. O governo das Filipinas disse que a embaixada de Israel no país foi fechada por causa de protestos ocorridos no início do dia do lado de fora de suas instalações, diante da proximidade do fim do mês sagrado muçulmano Ramadan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.