Israel fecha fronteira de Gaza com parque industrial

Israel mandou milhares de palestinos de volta para a Faixa de Gaza, depois de receber informações sobre um possível atentado contra o parque industrial situado no lado israelense do entroncamento de Erez, disse uma porta-voz militar. Cerca de 6.000 palestinos trabalham no parque industrial, que também abriga instalações militares israelenses.Esta é a segunda vez nos últimos cinco dias que o local é fechado pelas forças israelenses, informou a Rádio do Exército de Israel, lembrando que uma ação similar foi realizada na última sexta-feira.No passado, pistoleiros palestinos entraram no parque industrial. Além disso, o entroncamento de Erez já foi atacado em diversas ocasiões durante os mais de três anos e meio do atual conflito entre israelenses e palestinos.Também nesta terça-feira, soldados israelenses explodiram um túnel supostamente utilizado por traficantes de armas na fronteira entre Gaza e o Egito. Trata-se do sétimo túnel do tipo descoberto na região desde o início do ano, informou o Exército. E o grupo islâmico Hamas respondeu positivamente à possibilidade de aliar-se temporariamente à Organização para a Libertação da Palestina (OLP) para formar um organismo interno para governar a Faixa de Gaza, no caso de uma retirada militar israelense da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.