Israel ignora oferta de cessar-fogo do Hamas

Dois palestinos foram mortos e outros três ficaram feridos ontem na Faixa de Gaza em um ataque aéreo do Exército israelense. As vítimas eram integrantes do grupo radical Jihad Islâmica. O ataque foi feito um dia após líderes do Hamas anunciarem um acordo com outras facções palestinas para um cessar-fogo com Israel, com a condição de que o governo israelense interrompesse os ataques no território. Na quarta-feira, um atentado em Jerusalém matou uma pessoa. Desde a semana passada, militantes palestinos em Gaza dispararam mais de 80 foguetes em território israelense. Ontem, Israel colocou em funcionamento um sistema antimísseis na cidade de Beersheba, a 40 km de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.