Israel invade escritórios de 3 ONGs na Cisjordânia

Soldados israelenses invadiram as sedes de três organizações não-governamentais (ONGs) palestinas durante a madrugada e confiscaram computadores e outros materiais, acusou nesta terça-feira a ONG Addameer. O exército de Israel informou que está apurando a denúncia.

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2012 | 13h09

"Às 3h da manhã deste 11 de dezembro de 2012, o escritório de Direitos Humanos e Apoio a Prisioneiros da Addameer foi invadido pelas forças de ocupação de Israel", denuncia a entidade em sua página na internet.

"Quatro laptops, um disco rígido e uma câmera foram levados, entre outros materiais. As forças de ocupação de Israel destruíram o escritório", prossegue o grupo. Segundo o comunicado, mesas e outros móveis foram deixados pelo chão depois da invasão e ainda não se sabe ao certo o que os soldados procuravam.

De acordo com a Addameer, os escritórios dos Comitês da União de Mulheres Palestinas e da Rede Palestina de ONGs também foram invadidos por soldados israelenses de ontem para hoje. Todos os escritórios situam-se em Ramallah, na Cisjordânia. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
IsraelPalestinaONGs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.