Israel isola Beirute pelo norte, Hezbollah ameaça bombardear Tel-Aviv

Na manhã (horário local) desta sexta-feira, aviões de combate israelenses castigaram duramente a capital libanesa. Caças-bombardeiros destruíram quatro pontes de Beirute e, assim, isolaram os acessos à capital libanesa pelo norte. A aviação de Israel também atacou importante central elétrica. Líder do Hezbollah ameaça bombardear Tel-Aviv. O primeiro ataque aconteceu por volta das 7 horas (1 hora de Brasília). Caças-bombardeiros israelenses lançaram três projéteis contra uma ponte na área de Mamelten, uma região de maioria cristã no norte de Beirute, próxima à localidade de Yunis. Meia hora depois, o Exército israelense atacou uma das pontes da estrada que une Beirute à região de Batrum, ao norte da capital. Vários projéteis destruíram outra ponte na região de Matfun. Minutos mais tarde, o alvo foi uma ponte de acesso à capital nas proximidades de Casino, também na região cristã de Yunis. A ponte de Halket, na localidade litorânea de Biblos, ao norte de Beirute, também foi inutilizada. Durante toda a noite, aviões de combate israelenses atacaram duramente os bairros da zona sul de Beirute, reduto do grupo xiita libanês Hezbollah. Segundo diversas fontes, os caças-bombardeiros israelenses realizaram 19 incursões. O saldo de vítimas dos bombardeios israelenses desta sexta-feira é de seis mortos, sendo cinco civis e um soldado - e dezenove feridos. Segundo a rede de TV Al Jazira, quatro soldados israelenses morreram nesta sexta-feira em combates com milicianos do Hezbollah na localidade de Markaba, no sul do Líbano. A informação não foi confirmada pelo exército israelense. Bombardeios no Vale do BekaaAviões de combate israelenses bombardearam e inutilizaram a estrada entre Tareya e Afka, que une Beirute ao vale do Bekaa através das montanhas, informou a rede de televisão libanesa LBC.O vale de Bekaa, no leste, outro ponto de forte presença do Hezbollah, também foi atacado. Segundo a rádio Voz do Líbano, os aviões de combate teriam destruído uma central elétrica na região. A aviação israelense bombardeou na manhã desta sexta-feira (horário local) uma importante central elétrica voltada para o sul do vale do Bekaa (leste) e para grande parte do sul do Líbano, informou a polícia. A central elétrica Ibrahim Abdel Aal, está situada em Sohmor, 4 km ao sul do lago artificial de Karaun, formado pelo Rio Litani. Após o ataque, o fornecimento de energia foi suspenso na região, disse a polícia, sem citar vítimas.Ameaça a Tel-AvivO líder do Hezbollah, Sheik Hassan Nasrallah, em discurso a televisão na quinta-feira, ameaçou bombardear Tel-Aviv se Israel continuar com os ataques aéreos. Tel-Aviv é a maior cidade de Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.