Israel lança satélite espião para monitorar o Irã

Governo israelense quer se informar sobre desenvolvimento nuclear iraniano

Agencia Estado

15 Junho 2007 | 02h48

As Forças Armadas de Israel lançaram na manhã desta segunda-feira, 11, um satélite espião, para que o país se mantenha informado sobre o desenvolvimento nuclear iraniano, informa uma rádio israelense.O lançamento foi realizado às 2h40 (20h40 horário de Brasília) da base militar de Palmajim. De acordo com o ministro de Defesa, Amir Peretz, houve sucesso na operação.O novo satélite, baseado em tecnologia israelense e no qual foram investidos US$ 80 milhões, proporcionará informação de atividades militares no Irã e da milícia Hezbollah, no Líbano, além de supervisionar as dos palestinos e monitora a vizinha Síria, para sinais de uma escalada militar.Disparado a partir de uma base aérea na costa israelense, o Ofek 7 deve começar a produzir fotografias de alta resolução de uma altitude de 200 até 500 quilômetros até o final da semana."O lançamento bem-sucedido é prova da força tecnológica de Israel", disse o ministro da Defesa em nota. Haim Eshed, diretor da secretária espacial do Ministério da Defesa israelense, disse à Rádio do Exército que o Ofek 7 ajudará o país a "lidar com a questão iraniana". O programa nuclear do Irã provoca temores no Ocidente, embora Teerã negue estar em busca de bombas atômicas. De acordo com a rádio, o satélite Ofek 7 vai substituir o Ofek 5, que está em órbita há mais de cinco anos. O uso do Ofek 5 teve que ser prolongado quando a sua substituição pelo Ofek 6 falhou há dois anos.Israel acredita que o Irã desenvolve armas nucleares e classifica o país como uma séria ameaça.Matéria ampliada às 11h05.

Mais conteúdo sobre:
IsraelsatéliteIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.