Israel liberta um dos fundadores do Hamas

Israel libertou um dos fundadores do grupo palestino Hamas que estava preso, sem acusações formais ou julgamento, há 14 meses. Mohammed Taha, de 68 anos, desceu de uma van no campo de refugiados onde sua família vive e foi erguido nos ombros da multidão em festa.Ativistas do Hamas, alguns disparando tiros para o alto, encheram as ruas, enquanto os alto-falantes de mesquitas próximas sugeriam à população ?venham participar da festa?.Taha havia sido preso, juntamente com seus cinco filhos, em março de 2003 durante uma batida do Exército em Bureij. Três foram soltos, mas um deles, Yasser, foi morto depois, com a mulher e a filha de dois anos, por um míssil isrselense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.