Israel lidera lista de países que ignoram resoluções da ONU

Israel encabeça a lista de países que ignoram as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, de acordo com um estudo realizado pelo professor Steven Zunes, docente de Ciências Políticas da Universidade de São Francisco. O estudo, publicado hoje pelo jornal israelense Haaretz, destaca que desde 1968 Israel violou 32 resoluções do Conselho de Segurança, seguido pela Turquia, com 24 violações a partir de 1974, e Marrocos, com 17 desde 1975.Zunes explicou que decidiu "examinar profundamente um dos principais argumentos utilizados pelo governo de George W. Bush para justificar uma mudança de regime em Bagdá, ou seja, a recusa iraquiana de aplicar as resoluções do Conselho de Segurança". O professor disse ter chegado a conclusões "surpreendentes". "Na grande maioria dos casos que examinei, os países que violam as resoluções do Conselho de Segurança da ONU são aqueles que recebem significativa ajuda militar, diplomática e financeira dos Estados Unidos", afirmou Zunes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.