Israel mata dirigente da Jihad

Um suposto dirigente da ala militar do grupo palestino Jihad Islâmica foi morto hoje pela manhã por soldados israelenses em Jenin, na Cisjodânia, segundo fontes do serviço de segurança palestino.Segundo a informação, trata-se de Iyada Sawalha, suposto chefe da Brigada al Quds, para a região de Jenin. Sawalha foi morto após um tiroteio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.