Israel mata em Gaza militante palestino

O governo de Israel atacou ontem alvos na Faixa de Gaza depois que militantes palestinos dispararam foguetes contra o sul do país. O grupo radical Hamas, que controla o território palestino, disse, por sua vez, que o ataque era uma resposta a um bombardeio aéreo israelense que matou um militante e feriu outro na noite de domingo. Ao menos um palestino morreu e nove ficaram feridos

GAZA, O Estado de S.Paulo

09 de outubro de 2012 | 03h02

O morto foi identificado como Mohamed Makawi, de 25 anos. Ele estaria ligado a um grupo radical envolvido em um recente ataque à fronteira do Sinai, em que um israelense foi morto. Fontes hospitalares em Gaza disseram que Makawi morreu devido aos ferimentos sofridos no ataque.

De acordo com o porta-voz do Ministério da Saúde de Gaza, Ashraf al Qedra, um dos nove palestinos feridos no ataque corre risco de vida. Ele estava na moto com Makawi quando um míssil os atingiu.

Os foguetes disparados da Faixa de Gaza não deixaram feridos, mas destruíram algumas propriedades. Um porta-voz do Hamas, conhecido como Abu-Obeida, disse que os ataques são um sinal de que "a resistência continuará". / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.