Israel mata líder de um grupo inspirado na Al-Qaeda

Um ataque aéreo de Israel matou um líder de um grupo inspirado na Al-Qaeda e que atua na Faixa de Gaza. Hisham Saidani foi morto com seu guarda-costas no Norte da Faixa de Gaza, no sábado, segundo o Exército de Israel. Ele era um dos guias intelectuais para os movimentos ultraconservadores islâmicos em Gaza.

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2012 | 16h21

Neste domingo, o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, elogiou o ataque. "O jihadistas globais estão aumentando esforços para nos prejudicar, e nós continuaremos a agir agressivamente contra", disse Netanyahu. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.