Israel mata líder do Hamas na Cisjordânia

Forças israelenses mataram a tiros ontem na Cisjordânia Iyad Shilbayeh, comandante local das Brigadas Ezzedine al-Qassam - braço armado do grupo radical palestino Hamas. Líderes palestinos condenaram a ação e acusaram Israel de colocar em risco as negociações de paz no Oriente Médio, retomadas recentemente, sob a mediação dos EUA. O Exército israelense disse que Shilbayeh foi morto numa "operação rotineira" de patrulha, mas parentes do líder palestino disseram que ele teria sido "assassinado a sangue frio" em sua casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.