Divulgação/Hamas/Reuters
Divulgação/Hamas/Reuters

Israel mata líder militar do Hamas em ataque na Faixa de Gaza

Ahmed Jaabari morreu quando míssil atingiu carro em que viajava; outros cinco palestinos morreram

estadão.com.br,

14 de novembro de 2012 | 12h49

GAZA - O líder militar do movimento palestino Hamas, Ahmed Jaabari, foi morto nesta quarta-feira, 14, na Faixa de Gaza após um ataque israelense contra o veículo em que estava, de acordo com o grupo, que domina o território. Segundo a AFP, o Hamas disse que Israel "abriu as portas do inferno" com o ataque.

Jaabari ocupava o topo de lista de "mais procurados" de Israel desde a guerra entre o país e o Hamas no final de 2008. Segundo o Hamas, Jaabari dirigia as Brigadas Izz el-Deen Al-Qassam, braço armado da organização, e morreu ao lado de outra pessoa. Os dois estavam no carro atingido por um míssil.

Israel confirmou ter realizado o ataque e justificou a morte de Jaabari pela "atividade terrorista que conduziu ao longo de uma década". A porta-voz do Exército israelense, Avital Leibovitch, disse que o ataque é o início de uma operação maior para atingir radicais palestinos.

Nos últimos dias, autoridades israelenses discutiram a retomada da política de "assassinatos seletivos" de líderes do Hamas, uma polêmica onda de execuções extrajudiciais em meio aos persistentes disparos de foguetes de militantes palestinos contra o sul de Israel.

Pelo menos outros cinco palestinos morreram após a série de 15 ataques israelenses.

Veja vídeo do ataque que matou Ahmed Jaabari:

Com Reuters e Efe 

Texto atualizado às 15h51

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    IsraelHamasAhmed al-Jaabari

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.