Israel mata palestino e derruba duas casas na Cisjordânia

Tropas israelenses mataram um palestino armado que tentava fugir e explodiram duas casas de supostos militantes num vilarejo da Cisjordânia, informam as Forças Armadas. Esta foi a segunda incursão na Cisjordânia, em dois dias. Ontem, foram mortos três membros do Hamas e um menino de 9 anos, na cidade de Ramallah. Um prédio foi demolido.Palestinos avisam que a retomada das operações militares israelenses pode sabotar a tentativa da Autoridade Nacional Palestina de convencer os grupos clandestinos que combatem Israel a depor armas. Negociações deverão ter início ainda nesta semana, no Egito.Mais cedo nesta terça-feira, cerca de 20 jipes e blindados israelenses entraram na cidade de Jenin. Soldados foram de casa em casa, em busca de militantes procurados, disseram testemunhas. Tiroteios tiveram início e, mais tarde, foi encontrado o corpo de Amjad Saadi, das Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.