Ibraheem Abu Mustafa/Reuters
Ibraheem Abu Mustafa/Reuters

Israel mata um palestino na fronteira com Gaza apesar de cessar-fogo

Segundo fonte da área de saúde, ao menos 19 ficaram feridos; este é o primeiro registro de violência desde a trégua

Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 11h18

FAIXA DE GAZA - Soldados israelenses mataram um homem palestino a tiros e feriram 19 pessoas ao longo da fronteira da Faixa de Gaza com Israel nesta sexta-feira, 23, segundo uma fonte do setor de saúde de Gaza. Trata-se do primeiro registro de violência desde que a trégua entrou em vigor no fim da quarta-feira.

 

O homem morto hoje estava em um grupo de pessoas que se aproximaram da fronteira com Israel para pegar partes de um jipe do exército israelense que havia sido abandonado após os confrontos. Segundo a Reuters, há grande presença de palestinos próximo à cerca fronteiriça entre Israel e a Faixa de Gaza, algo que se tornou possível com a trégua.

 

O exército de Israel alegou que têm havido tentativas isoladas de infiltração em Israel por palestinos, e que tiros de advertência foram disparados para o alto quando o grupo se aproximou.

 

Próxima fase

 

O Egito, que mediou o cessar-fogo entre Hamas e Israel, vai sediar conversas entre autoridades do Cairo e enviados de Israel e de Gaza para a próxima fase da trégua: um novo acordo de fronteiras para Gaza.

 

O Hamas exige o fim do bloqueio fronteiriço, enquanto Israel insiste que o Hamas interrompa o tráfico de armas para dentro do território.

 

As informações são da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.