Israel mira símbolos do controle do Hamas em Gaza

Aviões israelenses, tanques e navios de guerra miraram símbolos do controle do Hamas na cidade de Gaza nos mais pesados bombardeios desde que os conflitos entre o exército israelense e os rebeldes palestinos se acentuaram, há três semanas.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2014 | 01h49

Os ataques da madrugada desta terça-feira atingiram a casa do principal líder do Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, bem como escritórios do governo e a sede da TV controlada pelos rebeldes.

As forças israelenses dispararam centenas de foguetes que transformaram o escuro céu noturno em um brilhante laranja. Ao amanhecer, uma nuvem de poeira grossa, causada pelas explosões, pairava sobre a cidade de Gaza.

A escalada dos ataques ocorre um dia depois que o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ter advertido que a campanha em Gaza será "prolongada".

Um oficial de saúde palestino informou que o número total de mortos em Gaza chega a 1.100. Israel declara ter perdido 53 soldados, além de dois civis e um cidadão tailandês. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGazaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.