Israel nega ataque ao Líbano

Soldados israelenses abriram fogo na direção do território libanês nesta segunda-feira, denunciaram autoridades ligadas ao governo do Líbano e à ONU. Dois veículos libaneses e um caminhão-pipa da ONU teriam sido os alvos. Os disparos não deixaram vítimas, segundo relatos iniciais. No entanto, um porta-voz do Exército israelense nega que soldados de seu país tenham feito os disparos.O incidente ocorre em meio ao aumento da tensão entre Israel e Síria - aliada do Líbano - depois que a Força Aérea do Estado judeu bombardeou uma suposta base de militantes palestinos a 20 quilômetros de Damasco. No sábado, uma mulher-bomba detonou os explosivos atados a seu corpo em um restaurante em Haifa, Israel, suicidando-se e causando a morte de outras 19 pessoas.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2003 | 15h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.