Israel nega que 1º bebê clonado nascerá no país

O Ministério da Saúde de Israel desmentiu hoje a informação divulgada pela revista alemã Der Spiegel de que o primeiro bebê clonado do mundo nasceria no país. "A lei israelense não permite", afirmou Mira Hibner, conselheira do ministério.A revista havia dito que italiano Severino Antinori pretende clonar, em um ano, o primeiro ser humano em Israel e que ele possui uma equipe de pesquisadores em Cesareia, norte de Tel Aviv.Também hoje, no Chipre, o procurador-geral Alecos Markides rechaçou rumores de que seu país se envolveria no experimento. , Na semana passada, o chefe da equipe de clonagem, Panos Zavos, visitou o país. O Chipre assinou no ano passado um protocolo do Conselho da Europa que proíbe a clonagem humana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.