Israel ordena a civis que se protejam na fronteira

Militares israelenses ordenaram hoje aos civis que habitam a linha de fronteira com o Líbano que se dirijam a abrigos, depois que vários ataques da guerrilha deixaram cinco israelenses feridos, incluindo três soldados. Do Líbano, os guerrilheiros abriram fogo hoje contra várias vilas e bases do exército israelenses. Duas mulheres ficaram feridas na vila de Avivim, uma seriamente.Em outros ataques, guerrilheiros atiraram com rifles contra o kibbutz Manara, próximo à faixa da Galiléia, um território israelense na fronteira com o Líbano. Ninguém ficou ferido. Também hoje, foguetes foram lançados contra postos militares israelenses nas Colinas de Golã, próximo à fronteira com o Líbano. Segundo a rádio do exército, três soldados ficaram feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.