Israel pede aos EUA até US$ 10 bi em ajuda econômica

A agência israelense de notícias econômicas Globes informou que o governo de Israel apresentou oficialmente aos Estados Unidos um pedido de ajuda econômica especial da ordem de US$ 8 bilhões a US$ 10 bilhões.Parte desse valor corresponde a doações e parte a garantias norte-americanas para empréstimos que Israel busque no exterior. Segundo o site www.globes.co.il, o governo israelense está impondo uma "lei da mordaça" sobre a imprensa do país no quese refere a detalhes sobre o pedido de ajuda.O temor do governo seria o de que a divulgação de detalhes prejudicaria as chances de obter uma resposta positiva do governo dos EUA antes das eleições israelenses, marcadas para 28 de janeiro de 2003.Ontem, em entrevista à Rádio do Exército, o diretor-geral do Ministério das Finanças, Ohad Marani, disse que "os EUA estãodispostos a ajudar Israel".Ele se recusou a dar detalhes: "Não posso fazer comentários sobre isso. Quando tiver o que dizer, vou dizer. O governo dos EUA está, em princípio, disposto a ajudar Israel economicamente. Estamos considerando várias possibilidades."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.