Israel pede que EUA vetem possível resolução da ONU contra muro

O chanceler israelense, Silvan Shalom, pediu ao governo norte-americano que faça uso de seu direito a veto no Conselho de Segurança da ONU caso seja apresentada uma resolução contra o muro de separação que está sendo construído em torno da Cisjordânia.O pedido, segundo informou hoje a rádio pública israelense, foi feito durante o diálogo que Shalom manteve na sexta-feira em Washington com a conselheira para a Segurança Nacional norte-americana, Condoleezza Rice. Israel teme que o tribunal de Haia, no dia 9 de julho, fale de forma negativa sobre a construção do muro e que uma resolução de condenação seja apresentada na ONU por iniciativa dos países árabes.No último outono no hemisfério norte, Estados Unidos vetaram na ONU uma resolução que declarava "ilegal" a barreira de separação com os palestinos.

Agencia Estado,

03 de julho de 2004 | 16h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.