Israel pode destruir usinas nucleares iranianas, diz jornal

O Exército de Israel tem um plano de destruição das instalações iranianas de enriquecimento de urânio mediante um ataque aéreo empregando armas nucleares táticas, afirma neste domingo o jornal The Sunday Times, citando fontes militares israelenses.Duas esquadrilhas das Forças Aéreas israelenses, segundo essas fontes, estão em treinamento para destruir essas instalações em um ataque único, acrescenta o texto.O jornal afirma que o plano israelense prevê o uso de mísseis convencionais guiados com laser para abrir "túneis" antes de empregar bombas atômicas táticas, de potência 15 vezes superior à bomba de Hiroshima. O plano israelense teria três objetivos diferentes, a planta de enriquecimento de Matanz, uma instalação de conversão de urânio perto de Ispahan e um reator de água pesada em Arak, os três ao sul de Teerã.A opção das armas nucleares táticas, cuja explosão se produziria em profundidade para evitar conseqüências radioativas, foi escolhida pelo Estado Maior israelense ante o temor de que as bombas convencionais não sejam bastante eficazes contra instalações bem defendidas, finaliza o texto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.