Israel pode parar transferência de recursos a palestinos

O governo israelense pretende parar de transferir recursos referentes à arrecadação tributária para os palestinos em retaliação contra a iniciativa palestina de buscar maior reconhecimento nas Nações Unidas, disse um funcionário do governo israelense, falando sob condição de anonimato.

AE, Agência Estado

10 de abril de 2014 | 18h30

Os palestinos devem milhões de dólares a companhias israelenses por serviços de eletricidade, energia e outros. A autoridade israelense explicou que Israel irá deduzir a dívida palestina de sua transferência mensal de recursos provenientes de tributos que coleta dos palestinos.

Por acordos interinos de paz, Israel coleta tributos de palestinos em nome deles e transfere cerca de US$ 100 milhões por mês. Sem esses recursos, a Autoridade Palestina provavelmente não conseguirá pagar os salários de funcionários e outras despesas do governo. O ministro do Trabalho palestino, Ahmad Majdalani, qualificou a decisão como ilegal e um movimento político, em vez de econômico. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpalestinosnegociaçãotributos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.