Israel pode retirar seu embaixador na Venezuela

O Governo israelense está considerando nesta sexta-feira "todas as opções" sobre a continuidade ou a retirada de seu embaixador na Venezuela, depois de o presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenar a saída de seu representante em Israel."Estamos muito decepcionados com a decisão do presidente da Venezuela", e por isso "estamos considerando todas as opções", disse um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores.Chávez informou na quinta-feira que ordenou a retirada do embaixador da Venezuela em Israel como sinal de rejeição ao "genocídio" que, na sua opinião, "está sendo cometido" contra os povos libanês e palestino."Mandei retirar o embaixador, porque causa indignação ver o Estado de Israel atropelando e esquartejando, com o apoio dos Estados Unidos, tanta gente inocente, crianças e mulheres", declarou Chávez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.