Israel prende 16 palestinos após confronto em mesquita

A polícia de Israel prendeu 16 palestinos neste domingo após eles entrarem em confronto com as forças de segurança nas proximidades da mesquita Al-Aqsa em Jerusalém, local sagrado para os muçulmanos e que é frequentemente palco de tensões.

AE, Agência Estado

20 de abril de 2014 | 11h34

"Nesta manhã, depois que o local foi aberto para visitantes e turistas, os suspeitos atiraram pedras contra os policiais, ferindo dois deles", disse o porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld.

Depois que a polícia dispersou a multidão com granadas, os manifestantes se refugiaram na mesquita, onde a polícia não é autorizada a entrar.

Al-Aqsa é considerada o terceiro lugar mais sagrado do Islã e foi palco de confrontos entre muçulmanos e policiais na semana passada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.