Israel prende jovens acusados de espancarem palestinos

A polícia de Israel prendeu cerca de dez jovens, entre eles adolescentes, por uma série de ataques contra palestinos em Jerusalém. Micky Rosenfeld, porta-voz da polícia israelense, disse que o grupo foi detido por "espancar árabes" em incidentes ocorridos nas últimas semanas. As vítimas não sofreram ferimentos considerados graves, segundo a polícia.

AE, Agência Estado

21 de dezembro de 2010 | 14h08

Rosenfeld disse que as agressões tinham "motivação política" e os alvos eram somente palestinos. Ele comentou ainda que a maior parte dos agressores era formada por adolescentes israelenses.

Cerca de 250.000 palestinos vivem em Jerusalém. Israel construiu bairros judeus em torno do setor árabe da cidade sagrada e diversos colonos vivem nas áreas árabes, o que causa tensão. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Israelpalestinosespancamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.