Israel prende membros do Hamas, Jihad e Fatah

Soldados do exército israelense detiveram nesta quarta-feira 18 ativistas palestinos na cidade autônoma de Qalqilya. Entre eles, há membros das organizações islâmicas Hamas e Jihad, do movimento Al Fatah, e três agentes de segurança da Autoridade Nacional Palestina.Fontes militares israelenses informaram que entre os detidos estão alguns suspeitos de terem participados de atentados terrorista. Este tipo de operação, que as forças de segurança de Israel fazem quase todos os dias, é considerada pelo governo israelense como "um legítimo direito de autodefesa contra o terrorismo" dos palestinos situados na Cisjordânia. Em Gaza, três palestinos ficaram feridos nesta quarta-feira durante operações do exército israelense em Rafah, na fronteira da Faixa de Gaza com o Egito, informou fontes palestinas. Não se sabe as circunstâncias de como foram feridos e qual o estado das vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.