Israel prende militantes do Hamas que preparavam atentado

Foram detidos 19 militantes do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), nesta terça-feira, 10. Eles pretendiam detonar 100 quilos de dinamite em Tel Aviv, informa o Serviço de Segurança de Israel (Shin Bet). O comunicado do Shin Bet sugere que "o quadro que surge do interrogatório assinala claramente que o Hamas em Kalkilia passou da etapa da construção da força ao das operações".De acordo com o jornal Ha´aretz, nos últimos dois anos as células clandestinas do Hamas na Cisjordânia ocupada recebiam ordens vindas da Faixa de Gaza, territórios entre os quais se interpõe o deserto meridional de Israel, o Neguev.A dinamite explodiu dias depois, afirmaram as fontes do Shin Bet, provavelmente quando os militantes preparavam o veículo para o atentado.Segundo o Shin Bet, militantes do Movimento "continuam planejando grandes ataques, inclusive no futuro imediato".Em 2001, ocorreu o último atentado do Hamas em Israel. Foram mortos 21 adolescentes e jovens em frente a uma discoteca de Tel Aviv.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.