Israel promete iniciar retirada de colônias judias de terras palestinas

O Exército israelense avisará nesta segunda-feira aos colonos israelenses da Cisjordânia a relação das colônias judias ilegais que deverão ser retiradas conforme o acordo Rota da Estrada, firmado entre israelenses e palestinos, informou a rádio pública de Israel. Cerca de 220 mil colonos judeus vivem em Gaza e Cisjordânia. Não se sabe quantas colônias serão desativadas, mas inicialmente serão destruídos locais desabitados. O início da operação deverá acontecer na noite desta segunda-feira. Segundo o plano Rota da Paz, que pretende criar um Estado palestino em 2005, Israel se comprometeu a tirar as colônias judias dos territórios palestinos e proibir novos assentamentos.Os colonos são contra essas medidas e a criação do Estado palestino. Para eles, a reunião realizada na semana passada em Ácaba, na Jordânia, entre os primeiros-ministros israelense, Ariel Sharon, e palestino, Mahmud Abbas, e o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, foi a ?redenção de Israel diante do terrorismo palestino?. Neste domingo, extremista palestinos mataram em Erez quatro militares israelenses no primeiro ataque terrorista contra Israel desde a cúpula palestino-israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.