Israel quer comissão para apurar ataque a frota em Gaza

Israel propôs uma comissão de inquérito para investigar o ataque realizado por seus soldados em uma frota de ajuda humanitária que estava indo em direção a Gaza há duas semana. A comissão deverá ser dirigida por um juiz israelense aposentado e pode incluir dois considerados observadores internacionais.

AE-AP, Agência Estado

13 de junho de 2010 | 18h23

Uma nota do governo diz que a proposta de uma comissão pública independente será levada até o gabinete israelense para aprovação amanhã. A chefia da comissão deverá ser de Yaakov Turkel, um juiz da Suprema Corte Israelense que está aposentada. Os dois observadores internacionais serão Lord William David Trimbe da Irlanda e o laureado com o Prêmio Nobel da PAz, Brigadeiro General Ken Watkin, também aposentado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ataquefrotaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.