Israel quer "erradicação do terror", não cessar-fogo

Autoridades israelenses disseram ao secretário de Estado americano, Colin Powell, que querem ver os grupos palestinos responsáveis por atentados contra Israel desmantelados. Powell, que está no Oriente Médio para promover o plano conhecido como ?mapa?, ou ?roteiro?, da paz, disse acreditar que o primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas ?compreende que o terror tem que acabar?. Os israelenses querem que Abbas dissolva o Hamas e grupos semelhantes.?Esperamos que os palestinos erradiquem o terrorismo, e não um mero cessar-fogo?, disse o ministro da Defesa Shaul Mofaz, depois de se reunir com Powell. ?Um cessar-fogo permitiria que os terroristas se rearmassem?.De acordo com o ?roteiro?, os palestinos devem conter o terrorismo, enquanto Israel desmonta seus assentamentos ilegais nos territórios ocupados.Os EUA e Israel preferem negociar com o premier Abbas no lugar do presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat. Muitos palestinos protestam contra a virtual prisão domiciliar imposta pelos israelenses a Arafat. Lojas fecharam hoje na cidade palestina de Ramallah, em protesto contra a visita de Powell e em defesa do presidente Arafat.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.